terça-feira, 18 de novembro de 2008

É hora do vestibular!!

Nem FUVEST, nem UNICAMP, muito menos UnB... É hora do vestibular da Honda. A concorrência? Nada dos vertiginosos 124 por vaga dos vestibulares de medicina por aí. Neste caso são só 2 (ou seriam 3?) por vaga. Os personagens, nós conhecemos muito bem: Bruno Senna e Lucas di Grassi. Mas depois de 3 dias de provas exaustivas, quem sairá com a vaga de piloto da Honda e um lugar ao sol no grid da F1? Como competência não é lá o forte da equipe anglo-nipônica, o F1-V8 vai dar uma mãozinha e avaliar os pupilos brasileiros em DIVERSOS critérios para ajudar na escolha...
Lucas di Grassi
Paulista, 24 anos
Experiência
Sua carreira iniciou-se cedo, aos 13 anos no kart, onde permaneceu ganhando títulos importantes de 1997 a 2001. Em 2002 foi vice-campeão da primeira temporada de Fórmula Renault Brasil. O bom desempenho o levou à F-3 sulamericana no ano seguinte. Em 2004 passou a integrar o Programa de Desenvolvimento de pilotos da Renault e participou da F-3 Internacional onde ficou até o final de 2005. Neste mesmo ano teve seu primeiro contato com uma carro de F1. Em 2006 transferiu-se para a GP2. Em 2007, na mesma categoria foi vice-campeão e passou a ser piloto de testes da Renault F1. Em 2008 assumiu mais responsabilidades como piloto de testes da Renault na Fórmula 1 e disputou algumas etapas da GP2. Mesmo não tendo participado de muitas corridas, conseguiu ser o 3º colocado no campeonato.
Talento

É bom acertador de carros, por isso foi o responsável por desenvolver os carros da temporada 2008 da GP2. Di Grassi sempre é elogiado por suas equipes por conseguir fornecer boas informações aos engenheiros e trabalhar bem para retirar a melhor performance do seu bólido.

Conquistas

Alguns títulos no kart e vários vice-campeonatos, entre eles F-Renault, F3 e GP2 (2007). Ainda não tem um título de peso em categorias de base.

Beleza

Físico nota 10!! faz o estilo saradão sem ser bombado...

Motivação

Di Grassi espera pela oportunidade de ser titular na Fórmula 1 desde 2007. E tem trabalhado muito para isso. Nesta temporada esteve presente em todas as corridas, sempre conversando com os engenheiros e observando de perto o trabalho de Piquet e Alonso. Quase foi alçado à categoria de titular durante a má fase de Piquet neste ano. Vem com disposição para fazer um bom trabalho e finalmente assegurar seu lugar no grid...

Arma secreta

Experiência. Passou pelo crivo das principais categorias do automobilismo doméstico e internacional, conhece bem os carros e a tecnologia da Fórmula 1 e isso pode fazer a diferença nos testes desta semana...

Bruno Senna
Paulista, 25 anos
Experiência
Sobrinho do tri-campeão Ayrton Senna, nasceu praticamente dentro de um kart. Mas a morte inesperada de seu tio o arrancaram do mundo das pistas. Entretanto, 10 anos depois, Bruno não aguentou mais esperar e voltou com tudo para os carros. Pulou o tempo de kart e começou disputando algumas provas de F-BMW e F-3 em 2004. Em 2005 correu algumas etapas da F-3 Inglesa. Em 2006 Pilotou pela Raikkonen-Robertson Racing na F-3 conquistando diversas vitórias e bons resultados. Isso deu visibilidade e segurança para dar o próximo passo, GP2 em 2007. Lá venceu corridas logo na temporada de estréia e migrou para a equipe campeã em 2008. Neste ano, disputou a GP2 Asia e Europa, ficando em vice nos dois campeonatos.
Conquistas
A sua carreira curtíssima se resume basicamente e F3 Inglesa e GP2. Neste ano foi vice na GP2 Euroseries e talvez sua maior conquista já tenha sido realizada: estar nas pistas hoje em dia.
Beleza
Faz o tipo paulistinha... branquinho, magrinho... uma gracinha..

Motivação
Está mais do que decidido a realizar seu grande sonho de ir para a F1. Superou o trauma da perda do tio, a inexperiência, a inexistência da escola do kart, o medo da família, a pressão da mídia, a superioridade técnica de outros pilotos... Alguém ainda duvida que ele quer mesmo estar na F1?
Desvantagem
Inferioridade técnica. Senna ainda padece de alguns problemas no cockpit em determinados momentos. Para estar apto à F1 e conseguir resistir a pistas complicadíssimas (como Cingapura, Hungaroring e Interlagos) ainda vai ter que aprender muito. Como se comportar ao largar de trás, livrar-se do embola-embola de largadas, adaptação à condução de um F1 serão pedras na sapatilha dele. Parece que não, mas o kart faz falta em alguns momentos.

Arma Secreta
Capacidade de aprender rápido. Bruno Senna chegou ao automobilismo de monopostos totalmente cru. A cada corrida ele tinha que aprender praticamente tudo. A cada upgrade de categoria também. Depois de voltar a correr, estar às portas da F1 em apenas 5 anos. Claro que o sobrenome o ajudou (e muito!) mas em corridas como o GP de Mônaco desse ano mostraram que ele fez bem a lição de casa.
Veredito F1-V8: Levem di Grassi como titular e coloquem Senna para testar em 2009. Claro que comercialmente, seria interessante para a Honda lançar logo Senna e carregar os louros de ter "devolvido Senna à F1"... Mas com a carroça de 2008 e as mudanças de 2009 ter alguém totalmente inexperiente no cockpit pode levar tudo a perder. Por isso, o nome certo para a vaga de titular em 2009 é o de di Grassi. E é bom a Honda fazer um carro dessa vez. Cozinhar três pilotos talentosos e jovens como Button, diGrassi e Senna e não lhes permitir fazer boas atuações é um pecado capital!
Só ficou chato o fato da Honda não ter adiantado esses planos e permitido que Barrichello tivesse uma despedida no mínimo digna... Mas a Honda nunca faz nada certo mesmo, então fica elas por elas.

9 comentários:

Marcos Antônio Filho disse...

O Barrichello teve a inscrição pra esse celular negada.Mas talvez ele continue na Hond ano ano que vem,quem sabe lhe dão uma despedida digna?

Ron Groo disse...

A questão é: Quem é que merece este cockpit ruim?
Acho pessoalmente que a vaga deveria ir para o Seninha, já que o Di Grassi merecia carro melhor.
Na questão Beleza.... Eu gosto muito da Danica Patrick, Bia Figueiredo,,,,

blogguardrail disse...

Hahahahah...Adorei o quesito "Beleza" do Bruno: "Faz o tipo paulistinha... branquinho, magrinho... uma gracinha"..hahaha

Eu apostaria no Di Grassi. O Bruno ainda tem tempo, dinheiro, marketing e o escambau. Agora, vejo o Di Grassi num momento "Vai ou Racha". Sei nao...

Bjs

Fabricio disse...

A mídia está fazendo maior auê por conta dos tempos do Senninha, mas as vezes nem sempre isso conta no final das contas. Para vc sentar no carro e acelerar é preciso antes ter desenvolvimento, e disso o Di Grassi é muito mais experiente. Eu se fosse a Honda com certeza contrataria o Di Grassi se quisesse desenvolver e crescer. Mas se ela quiser só fazer marketing, com certeza vai de Senninha.

Fina disse...

realmente, repetindo tudo o que foi dito: sob o ponto de vista da Honda, p/ crescer, coloquem o Grassi! Mas do ponto de vista do Grassi, ele merece começar c/ algo que tenha mais nível.... Mas se ele entrar assim mesmo na tosqueira da Honda, o povo vai ver q ele rende mais que o carro, aí depois fica a cargo de outra equipe melhor reconhecer isto e chamá-lo! Ora, quantos pilotos bacanas já vimos começar em equipes meio trash, e depois encabeçar a F1???

Marcelonso disse...

Meninas,


Sinceramente eu gostaria que Senninha fosse para a Toro Rosso,onde o carro será bem melhor,deixando a vaga para di Grassi na Honda.

Mas não é o que deve acontecer,já surgiu a noticia que a Honda vai de Barrichello mais um ano deixando ele se despedir e ao mesmo tempo amadurece Senninha um pouco mais,se é verdade só o tempo vai mostrar.

abraço

GiglioF1 disse...

Meninas,

Neste momento que escrevo , tudo indica que o assento fica com Bruno...tb acho Di Grassi melhor para este momento, mas nos testes da semana passada nao conseguiu mostrar isto...Bruno foi muito bem...
Di Grassi nao esta numa boa situacao já que a Toro Rosso nao deve dar-lhe uma chance.
Abraco!!!

guardrailf1.com disse...

Meninas,

Passando para avisar que o Guard Rail mudou de endereço. Agora é www.guardrailf1.com

Obrigada!

Fina disse...

Gente!!!! E a Honda??? E agora?!