segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Em tempos de Carnaval...

Não poderia faltar "aquela" cerveja que desce redondo... O nome diz tudo, mas não é propaganda no nosso blog não!
Vale a curiosidade. Este carro é uma Corpersucar pilotada por Keke Rosberg em 1981 que tinha patrocínio da cerveja brasileira. A raridade está exposta em um museu em Istambul e foi fotografada por um amigo durante uma visita.




Mas esta não foi a única vez que uma cerveja do Brasil colocou sua marca nos carros da F1. Vale lembrar o GP do Brasil de 2009 quando Jenson Button foi campeão com o nome de uma certa cervejinha tupiniquim estampada em seu carro...

5 comentários:

F-1 A.L.C. disse...

em aqueles tempos de 1981, a skol fittipaldi racing contratou a um jovem gradudado da universidade de southampton: Adrian Newey. dar asistencia al equipo de emmo fué el primer trabajo do então desconhecido newey

Marcelonso disse...

Meninas,

Fico com a Copersucar,é muito mais bonito.
Já as cervejas,as duas são boas.


Ah sim,teve também a Brahma na Indy.
abraço

Ron Groo disse...

Ixi tem muito mais... A Williams do Manssel era de marca de cerveja, e muitas outras.
Até melhores que estas duas ai... a Label por exemplo é uma delicia.

Blog F1-V8 disse...

Agora me pergunto, já pensou um carro da "Devassa"? heheheheh

Rodrigo Morano disse...

e depois dizem que bebida e direção não combinam.