domingo, 13 de julho de 2008

Hoje é dia de Bia!!


Hoje Bia Figueiredo fez história ao conquistar pela primeira vez uma vitória na etapa de Nashville da Indy Lights, categoria de acesso à Fórmula Indy. Esta é a maior conquista de uma pilota brasileira no exterior e a primeira vez que uma representante do sexo feminino triunfa na Indy Light.

Bia largou na primeira fila ao lado do companheiro de equipe James Davison. A largada foi atrasada em quase duas horas devido o temporal que desabou sobre o circuito do Tennessee. Assim, a prova foi disputada sob pista molhada e logo na largada a pilota brasileira perdeu a segunda colocação para Dillon Battistini e também foi superada posteriormente por Jeff Simmons. Porém a sorte começou a sorrir para Bia na volta 16 quando Battistini e Simmons se encontraram na pista e bateram, fazendo com que a brasileira herdasse a 2ª posição. A partir daí Bia começou a atacar Davison de forma consistente, baixando o tempo volta após volta, até que ultrapassou o piloto americano no giro 32. Após assumir a liderança, Bia conduziu tranquilamnete seu carro da equipe Sam Schmidt até a vitória no oval de Nashville. Bobby Wilson e Arie Luyendyk Jr. completaram o pódio.

Com este resultado, Bia entra de vez na briga pelo título na Indy Lights, ocupando a 3º posição no campeonado de pilotos, 40 pontos atrás do líder. Este ano Bia já foi ao pódio 3 vezes na terceira posição nas etapas de St Petersburg, Iowa e Watkins Glen.

No Brasil, Bia teve carreira vitoriosa no kart, seguiu para a extinta Fórmula Renault, onde fez boas corridas. Em 2006 disputou a Fórmula 3 Sul-Americana e foi reserva da equipe brasileira da A1 GP, entretanto, em 2007 não conseguiu cockpit para correr na Europa. Por isso, em 2008 resolveu tentar a sorte nos Estados Unidos.
Ainda temos plena convicção de que Bia teria se dado bem se tivesse seguido para a F3 Inglesa (se tivesse conseguido cockpit por lá). O fato de ter passado 2007 inteiro sem correr por não ter ninguém interessado ainda nos deixa com uma grande pulga atrás da orelha sobre o sexismo no automobilismo. Entretanto, chegando bem às categorias de ponta dos EUA e vindo de uma escola de pistas mistas no automobilismo, pensamos que ela tem plenas condições de disputar a GP2 e quem sabe até chegar à F1.

Mais fotos do dia de Bia!!





Crédito fotos: IndyCar

5 comentários:

F-1 A.L.C. disse...

olha, esporte e coisa de macho, viu? esse negocio de mulher querer correr e doidura!!rsrsrsr...

ta certa.. ate faz pouco tempo automovilismo era coisa de homem branco loiro e que gostava de comer bisteca. mais como verdadero aficionado, espero que cheguem novos talentos, seja de donde seja, novos genios são bemvindos.

bemvinda bia, Desejamos muitas vitorias, e se o povo fica grosso por ahi, faz que nem a danica: da um barraco daqueles!

un abrazo chicas, como siempre, el blog esta fantastico

GiglioF1 disse...

Meninas,

Bia foi sensacional...Mas acho que ela precisa perder uns quilinhos para ir pras cabecas...

Go Bia Go!!!!!!!!!

Ron Groo disse...

Sensacional...
Quando Danica ganhou no Japão, eu nem dei bola. Não acredito em Danica. E as provas que vieram depois provaram que era muito oba oba em torno dela.
Já Bia é diferente e não é por ser brasileira não.
Dê o carro da Danica para Bia e veja o incomodo que ela vai causar por lá...
como disse no Blog da Alessandra Alves. Bia tem muito mais a nos oferecer. Inclusive em beleza...
E que trofeu original não? Guitarras Gibson Les Paul... Maravilhosas...

Blog F1-V8 disse...

Vitória sensacional da Bia! A Danica que se cuide! ehaheahehaeh
Mas a gente percebe que a Bia tem uma formação sólida, boa técnica, resultado dos anos no kart. Esperamos que ela continue competitiva e incomodando os marmanjos por aí...

Agora temos que concordar com o Ron... Que guitarras!! Melhores que os pratinhos de salada que distribuem para os pobres campeões por aí!!!

Blog F1 Trulli disse...

Danica vai ter concorrência ano q vem... rsr

muito boa a corrida da Bia, é uma exelente piloto, q vem mostrando muito talento, acredito q ano q vem ela "sobe" (depende d terminar bem esse ano) aí vai ser boa a disputa feminina na Indy (sendo q sou + Bia q Danica) e quem sabe ela acaba sendo a 1ª mulher na F1 (já tô me empolgando) ahuahhuahauhauhauu

Abração

Até +