segunda-feira, 26 de maio de 2008

GP de Mônaco - O troco de Hamilton


Este 66º Grande Prêmio de Mônaco teve todos os ingredientes para entrar para a história como um dos mais movimentados. Normalmente, estamos acostumados a corridas um tanto quanto previsíveis no Principado, onde quem larga na pole fatalmente ganha. Mas quando o dia amanheceu em Monte Carlo e a suspeita de chuva se confirmou, sabia-se que a mistura pista molhada + falta de controle de tração + ruas apertadas de Mônaco = confusão.

Logo na largada sentia-se um clima de tensão no ar. A pista estava úmida e em alguns pontos até encharcada. Esta seria a primeira corrida com pista molhada na temporada. Entretanto, ainda pairava no ar a dúvida: A chuva iria voltar? A maioria dos pilotos optou por largar com pneus intermediários. Nelsinho Piquet foi o único a escolher pneus de chuva para enfrentar as primeiras voltas na corrida. Na volta de apresentação, Kovalainen ficou no grid e foi apenas o primeiro de uma série de acontecimentos inesperados neste domingo em Mônaco. Vamos aos destaques:
  • Depois do GP da Austrália, este GP de Mônaco foi o mais acidentado. Não foram tantos abandonos, entretanto, ocorreram muitos toques nos guard rails, nos outros pilotos e no que mais houvesse pela frente. Resultado? 4 abandonos por acidentes, vários bicos danificados e um punhado de pneus furados. Os carros sofreram hoje...

  • A largada já dava pistas do que estava por vir. Massa pulou na frente e garantiu a primeira posição seguido por Hamilton. Raikkonen sofria para controlar sua Ferrari na pista enquanto era perseguido de perto por Robert Kubica. Logo em seguida, começaram as trapalhadas, com Rosberg e Glock se estranhando nas primeiras curvas.
  • A partir daí, a prova tornou-se imprevisível. Acidentes, pneus furados por toques no guard rail, escorregadas, saídas de pista e punições. Poucos ficaram imunes a essas coisas;

  • A variação constante de condição de pista também foi outro ingrediente inusitado da corrida. A pista secou gradualmente, mas havia expectativa de chuva, o que manteve pilotos e equipes em alerta. Ninguém queria arriscar uma parada inútil nos boxes;

  • O revezamento de posições chegou até os líderes. Massa perdeu a liderança para Kubica quando escapou na Ste Devote. O polonês por sua vez perdeu a liderança quando foi para a troca de pneus. Hamilton, mesmo com uma troca de pneus a mais, conseguiu manter-se perto dos líderes e após assumir a liderança, não saiu mais de lá;

  • Em muito tempo não se via uma corrida terminar no tempo ao invés do número de voltas. O GP de Mônaco de 2008 foi encerrado com 2 horas de duração, na volta 75.

  • Apesar das trapalhadas, o acidente mais forte foi o de Nico Rosberg, que perdeu o controle da sua Williams e chocou-se violentamente no guard rail dos S da Piscina. Saiu do carro andando, mas devido a violência do choque, foi levado ao hospital para exames mais detalhados.

  • Agora a situação do campeonato enrolou de vez. Hamilton agora é o líder com 38 pontos, 3 à frente de Kimi Raikkonen. Massa segue em 3º e Kubica em 4º. Apenas 6 pontos separam o líder do 4º colocado... Campeonato apertado pela frente.

Pontos positivos:

  • A Corrida: Para quem esperava monotonia, esse GP de Mônaco foi espetacular. Reuniu todos os ingredientes necessários para ser a melhor corrida do ano! Imprevisibilidade, gente lutando até o fim, trapalhadas, ultrapassagens, drama...

  • Barrichello e Vettel: chegaram aos pontos errando pouco e beneficiando-se dos problemas alheios. Souberam aproveitar o ditado que diz que em Mônaco ganha mais quem erra menos. Nessa conta, saem do Principado com 3 e 4 pontos respectivamente.

  • Robert Kubica: na véspera avisou que se chovesse iria dar trabalho, e deu. Massa que o diga. Andou forte e foi o único dos ponteiros que não cometeu erros. Só não venceu porque a McLaren deu o pulo do gato na estratégia de Hamilton. A primeira vitória do polonês voador está a caminho...

  • Adrian Sutil: fazendo uma corrida limpa e sem erros conseguiu miraculosamente arrastar a sua limitada Force India até a quarta posição. Chegou até a marcar melhor volta da prova. Já no finalzinho da prova foi atropelado por Raikkonen e perdeu a grande chance de chegar aos pontos. Quebrou a suspensão traseira e foi chorar amargamente a perda dos pontos. Foi de cortar o coração...

Marretadas:

  • Ferrari: em uma só corrida fez duas bobagens enormes. A primeira foi a de não colocar os pneus no carro do Raikkonen na hora certa. Quando subiu a placa dos 3 minutos, o finlandês ainda estava no macaco e acabou tendo que pagar um drive through. Já Massa foi prejudicado na estratégia. Armaram tudo para o piloto ficar na liderança e esqueceram que em coridas de automóvel, coisas acontecem independentemente dos nossos planos...

  • Kimi Raikkonen: ainda vão descobrir o que acontece com o Kimi em Mônaco. Não se sabe se são as festas nos barcos, ou o excesso de gente ou então as ruas apertadas. O Kimi sempre faz besteira por lá (exceto em 2005). No GP, mal conseguia se segurar na pista. Acabou com um bico e no final perdeu o controle e acabou com o Sutil. Acabou perdendo a linderança do campeonato. Ai meu controle de tração...

  • Fernando Alonso: Foi com muita sede ao pote e acabou causando um engarrafamento na Loews. Colocou pneus para pista seca e quase rodou... Se F1 tivese buzina, o Alonso estaria surdo até hoje!

  • Nelson Piquet: Até que estava indo bem, segurando carro na pista ajudado pelos pneus de chuva. Mas acabou sendo mais uma vítima da Sainte Devote. Ficou por lá mesmo e começa a sentir que sua batata na F1 está queimando... e MUITO!

Prêmio Roda - Bahiana: Timo Glock

Em Mônaco o Glock rodou mais que bahiana na Sapucaí! Rodou, rodou e rodou. A Mangueira já está solicitando a compra de seu passe junto à Toyota para o carnaval do ano que vem. Ele vai ser a Bahiana Mestra da ala das Bahianas. Vai rodar na frente e as outras vão imitando... Já vão ter um 10 garantido!

Prêmio cata-táxi: David Coulthard e Sebastien Bourdais

Assim como o Bahrein, Mônaco não tem grama para tatu fazer buraco. Sabendo disso, David Coulthard resolveu catar um táxi, no ponto de táxi do Cassino. Meteu a cara, arrebentou a suspensão que o pessoal da Red Bull passou a noite inteira fazendo, já que ele tinha feito o mesmo no sábado, na saída da Chincane do Porto. Chamou Bourdais para uma carona e pronto, cataram um táxi! Só valeu pelo show de imagens dos carros sendo içados nas sacadas do Hotel de Paris!

Troféu F1-V8: Lewis Hamilton

Andou bem todo o fim de semana, sempre marcando bons tempos. Após uma largada cosistente, fez a bobagem de ralar no guard rail e acabar com o pneu traseiro direito. Mas conseguiu recuperar-se com uma nova estratégia da McLaren. Andou forte e quando alcançou a liderança, não deu mais espaço para Kubica ou Massa. Saiu de lá com a liderança do campeonato e confirmando a fama da McLaren de devoradora de vitórias em Mônaco. Além disso, conseguiu a tão aclamada vitória no Principado, que deu início às confusões com Alonso em 2007.

Perguntas instigantes:

Até quando Piquet conseguirá segurar sua vaga de titular na Renault?

Mesmo fora da liderança, Raikkonen continua favorito ao título?

11 comentários:

Blog F1-V8 disse...

Desculpem o atraso. Mas aproveito o espaço para um protesto!
Domingo de GP de Mônaco e 500 milhas de Indianápolis lá é dia para se marcar consurso para Engenheiro Mecânico??!!! Fala Sério!! Só cheguei em Brasília agora!
Comentem, comentem, comentem!!!

OCTETO RACING TEAM disse...

Oiiii meninas!!!!

Hahahaha ... adorei o troféu do timo Glock!!! mto bom!!

Qto as perguntas ...
Acho que Kimi continua sendo favorito sim, e vai ser bicampeão. Agora qto a Nelsinho ... bem, ele está em um situação complicada! Não creio que a Renault irá mandá-lo embora este ano, mas se continuar assim não há renovação.

Bjinhossss do Octeto

Tati

Net Esportes disse...

Obrigado pelo comentário no meu blog.

Realmente o domingo foi muito movimentado no mundo do automobilismo e em outros esportes também.....

O Hamilton detonou na corrida e finalmente tivemos um GP de Mônaco como realmente ele tem que ser, bem agitado e movimentado

t+

http://netesporte.blogspot.com

Priscilla Bar disse...

Respondendo a pergunta final:Acho que o Raikkonen ainda é sim o candidato mais forte ao título.Em Mònaco tudo pode acontecer é imprevisto total e nao se pode tirar de base.Entao ainda credito que o atual campeao leva o BI.

Marcelonso disse...

Ola Meninas

Uma corrida bem movimentada,repleta de alternativas.
Uma tremenda burrice da Ferrari por achar Hamilton carta fora do baralho.
Nelsinho,a situação está cada vez pior,já falam no holandes Robert Doornbos,em seu lugar por força do principal patrocinador ING

Que tal colocar uma imagens do ganhador do troféu Roda Bahiana com aquela musica "uma pirueta,duas piruetas,bravo,bravo!

abraço

GiglioF1 disse...

Meninas de Brasilia!

Gostei...Mas é importante mencionar que Massa foi muito rapido na chuva e pista realmente molhada!!...seus 13 segs de vantagem já na 6º volta evaporaram no 1º SC...
Sobre o premio de Glock acho injusto!!!....com as bahianas.....elas sabemos pra que lado rodam...O Glock ninguém sabe!
abraço

F-1 A Lo Camba disse...

esse pessoal do concurso, muito sacana viu? eu tava em porto seguro (promocão de fora de temporada da GOL) e temtando aprender capoeira mais tava com os pneus de Nelsinho nos pès

muito bom o premio caça-taxi a humidade detonou a artrite de Coulthard

Café com F1 disse...

Olá meninas...descobri o blog de vc's lendo o post da Priscilla!
Vim aqui checar e amei!
Estarei sempre por aqui agora...
O que acham de trocarmos referências dos blogs?
Bem, se concordarem, me escrevam para eu incluir vc's no meu!
Abraços....

Ron Groo disse...

Não foi bem um troco, Lewis teve competencia sim, mas teve sorte também.
O premio Taxi foi à calhar!

Loucos por F-1 disse...

Acho que ele sobrevive na Renault no máximo até o final do ano. Se continuar fazendo besteira sai antes ainda.

Acho que o campeonato está aberto e Kimi é um dos favoritos ao título, mas acho meio imprevisivel essa disputa.

Bjos!

Leandro Montianele

Lucas Israel disse...

Haja burrice nessa prova!
Nelsinho Piquet foi queimado nessa prova. Se nem Alonso conseguiu segurar o carro com pneu pra pista seca no molhado quanto mais nelsinho... A Ferrari também fez cagadas mil. Raikkonen provou não ser tão gelado quanto aparenta.
Anotem aí Nelsinho pode acabar pintando na Toyota em 2009 pode parecer loucura, mas a mala do Trulli ninguém agüenta mais.

A próxima corrida é em montreal. Poderemos ter a corrida mais maluca dos últimos anos. Ano passado Hamilton ganhou, mas se analisarmos do segundo posto pra trás, foi um banzé daqueles.

Abraços!